Pulgas e Carrapatos em Pugs

0

COMO LIDAR COM PULGAS E CARRAPATOS NOS PUGS?

 

As pulgas e carrapatos são parasitas que se hospedam e alimentam do sangue dos animais, que além de coceira, pode causar doenças; (tanto para os animais quanto para as pessoas. Nos cães as doenças mais comuns são: babesiose canina, erliquiose canina.

 

COMO QUE O PUG ATRAI PULGAS E CARRAPATOS?

Sabe quando fazemos aquela viajem para o interior, com uma vasta área verde, e pensamos que o espaço vai ser ideal para o nosso cachorrinho poder correr e brincar? Bom, esse pensamento não é totalmente errôneo, o ar livre e atividades físicas fazem muito bem ao pug, mas devemos ter certos cuidados com isso. Nessa agradável área o pug pode contrair pulgas e principalmente os carrapatos, na verdade é o contrário, são esses parasitas que pegam nossos cães.

Aquele vizinho que tem um cachorrinho com pulgas e adora brincar com seu pug, pode também acabar “passando” pulgas para o pug.

Bom

E se você pensa que boa higiene basta está totalmente enganado, o “negócio” das pulgas e carrapatos é sangue, não sujeira.

HÁ METÓDOS CASEIROS PARA ACABAR E EVITAR QUE OS CACHORROS TENHAM PULGAS E CARRAPATOS?

Com certeza, após passeios e viagens, faça uma vistoria grossa, e evite deixar seu pug em contato com outros cachorros contaminados.

Se seu pug já está com pulgas e carrapatos você pode acabar com isso, mas lembre-se de ser muito paciente, não é fácil para eles estarem com esses parasitas em seu corpo. Em caso algum tente remover o carrapato com puxões, ele pode até sair, mas suas “perninhas” podem continuar instaladas dentro do cachorro podendo gerar algum transtorno. Você pode remover os carrapatos com álcool antisséptico, com um algodão ir passando várias vezes em cima do carrapato até ele soltar, ou então pode fazer o mesmo com chá de camomila e vinagre de maçã, após remoção do carrapato, mantenha a área sempre higienizada e se der ferida, passe uma pomada de cicatrização.

Para as pulgas você pode fazer chá de hortelã, colocar em uma garrafa e borrifar no pelo do cachorro, e um método não caseiro, mas que ajuda muito, são os sabotes e shampoos anti-pulgas.

Outra dica muito importante para finalizar, é a alimentação do seu pug, pois se sua imunidade estiver boa, é mais difícil ocorrer manifestações.

 

Se nada der certo, procure seu veterinário para indicação de algum remédio para tratamento!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.