Gato Ragdoll

0

O gato Ragdoll é o melhor amigo de um amante de gatos. Eles amam passar um tempo com suas famílias humanas – até mesmo com as crianças – e se dão muito bem com outros animais de estimação. Com treinamento por meio de reforço positivo, os gatos Ragdoll aprendem rapidamente e podem aprender truques e boas maneiras, como usar um poste de arranhar, no lugar do sofá da sala.

Na família das raças de gatos domésticos, os Ragdolls estão entre os mais novos da familia felina. Os gatos foram desenvolvidos pela criadora Ann Baker em Riverside, Califórnia, na década de 1960. 

O estoque que Baker tinha em casa, consistia em Josephine, uma longhair doméstica com uma pelagem branca que escondia os genes para um padrão de pelos com pontas cinzas ou pretas, e vários outros gatos de pelos compridos de ascendência desconhecida que ela possuía ou encontrava em sua vizinhança.

Baker selecionou gatos com personalidades gentis e tranquilas, eles tinham que ter um tamanho grande e belas pelagem longa, caracterizados por um padrão do Himalaia, o nome dos “pontos” vistos nos gatos do tipo siamês. O resultado foi um gato que ela chamou de Ragdoll, por causa da sua tendência de cair alegremente nos braços de quem o pegar. Mais tarde, persas, Birmans e birmanês também pode ter contribuído para o desenvolvimento do Ragdoll.

Baker passou a fazer muitas alegações incomuns sobre o desenvolvimento dos gatos, as historias contadas por ela incluiam a influência alienígena, experimentos secretos da CIA e infusões do DNA humano, mas tudo isso não passa de reivindicações, sem nenhuma base de fato. 

Outras pessoas que começaram a criar Ragdolls na mesma epoca que Baker. Decidiram se separar dela e formaram o Ragdoll Fanciers Club International, com o objetivo de padronizar a raça e obter reconhecimento pelos registros de gatos.

Bom

A Associação de criadores de gatos começou a registrar os gatos em 1993 e deu-lhes reconhecimento total em 2000. A maioria das instituições de registros, reconhece a raça, incluindo a Associação Americana de criadores de gatos e a Associação Internacional de gatos. Para manter a raça pura os Ragdolls não são cruzados com outras raças.

Personalidade da raça Ragdoll

Ao contrário de muitos gatos, os Ragdolls são notáveis por desabar nos braços de qualquer um que os segura, mesmo que eles estejam deitados de costas. Eles amam sua família e fazem amigos rapidamente. 

Eles cumprimentam as pessoas na porta de casa, segui os donos por toda a propriedade e pulam em um colo ou aconchegam-se na cama sempre que conseguem uma chance. Eles costumam se aproximar quando são chamados pelo nome, e podem brincar de buscar objetos jogados para eles.

A palavra mais usada para descrevê-los é dócil, mas isso não significa que eles estejam inativos. Eles gostam de brincar com brinquedos e participar de atividades familiares. Com reforço positivo na forma de elogios e recompensas alimentares quando eles fazem algo que você gosta, os Ragdolls aprendem rapidamente e podem aprender truques e bons comportamentos. Em uma voz pequena e doce, eles lembram as refeições ou pedem carinho, mas não são muito de conversar.

Os Ragdolls têm boas maneiras e são fáceis de conviver. Você encontrará um Ragdoll em seu sofá ou cama, mas geralmente não muito mais alto que isso. Ele prefere permanecer no mesmo nível das pessoas do que nos pontos mais altos de uma sala.

Possíveis problemas de saúde dos Ragdolls

Tanto gatos de raça pura quanto gatos de raças mistas têm diferentes ocorrências de problemas de saúde que podem ser de natureza genética. Os problemas que podem afetar o Ragdoll incluem o seguinte:

Cardiomiopatia hipertrófica, uma forma de doença cardíaca que é herdada em Ragdolls. Um teste baseado em DNA está disponível para identificar gatos que carregam uma das mutações que causam a doença.

Aumento do risco de cálculos na bexiga com oxalato de cálcio

Uma predisposição para FIP (peritonite infecciosa felina)

Cuidados básicos com a saúde de um gato Ragdoll

Os pêlos de um Ragdoll é moderadamente longo têm pouco subpêlo, o que significa que é menos provável que acasalem e fujam de casa, mas isso não significa que os gatos não precisem de cuidados.

Penteie-o duas vezes por semana com um pente de aço inoxidável para remover pêlos mortos que podem ficar enrolados. 

Certifique-se de pentear bem o pêlo nas pernas, especialmente onde a perna encontra o corpo, onde é mais provável que as aglomerações de pelos ocorram. Uma escova de borracha alisa o pêlo depois de o pentear e remove os pêlos soltos restantes, ele ficara limpo. Se você é gentil e não puxa os cabelos, os Ragdolls vão adorar a atenção que recebem de você durante o tempo de limpeza.

Ragdoll se dá bem com crianças?

É uma raça descontraída que ama brincar o que é perfeito para quem tem crianças em casa; ele nao se importa em entrar na brincadeira, mas esteja sempre de olho para que as crianças nao acabem maltratando o felino por acidente. 

Qual a expectativa de vida?

Um ragdoll pode viver de 12 a 17 anos, e pesar entre 4,5 e 9 kilos.

Como cuidar da higiene do meu Ragdoll?

Eles precisam de banhos apenas quando o pelo está em um estado completamente pegajoso. é sempre bom verificar as extremidades e limpar olhos e ouvidos, com um pano úmido ou algodão.

Saiba mais sobre gatos aqui.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.