A Caixa de Areia Gera Riscos à Saúde do Seu Gato. Entenda o Porquê!

Você já precisou urgentemente usar algum banheiro público e se deparou com a privada suja, lixo cheio e papel usado no chão? E ai?  Você usou mesmo assim? Não é agradável né? Pois é assim que o seu gato se sente quando precisa usar a caixa de areia dele e ela ainda está suja e usada.

Então, por mais nojenta que seja essa tarefa, ela precisa ser feita com frequência para seu bem e do seu gatinho!

Por que Devo Limpar a Caixa de Areia Frequentemente?

Cuidado com a Higiene:

Você já viu seu gato alguma vez “enterrando” a própria caixinha de areia do lado de fora, ao invés de apenas as fezes com a areia? Se ele fez isso, pode ter certeza que ele não é ‘tapado’ e errou o local de enterrar, ele está te mostrando que a situação está precária na caixinha dele e que ele não quer se sujar enquanto precisa enterrar as necessidades dele.

Se essa situação acontecer, corra e limpe a caixa de areia, ou logo você terá surpresas pela casa. Muitos gatos acabam fazendo suas necessidades em locais escondidos, tapetes, só para não terem que pisar na caixinha suja. E ai, você terá o dobro de trabalho ao ter que limpar a casa também.

Cuidado com a Saúde:

Alguns gatinhos irão “segurar” suas necessidades e deixar de usar a caixinha com a frequência normal se ela estiver suja, ou seja, se durante o dia seu gato usa 3 vezes a caixinha, ele pode passar a usar apenas 1 vez. Apesar de isso parecer bom, pois você terá menos trabalho, saiba que seu gato pode ficar doente fazendo isso. Ao segurar a urina, ela torna-se mais concentrada, originando cristais, os quais podem causar uma obstrução uretral felina. A uretra obstruída pode fazer com que os gatos tenham pedra, cristais ou tampões de muco, impedindo-os de urinar. Além de ser muito doloroso, isso pode levar a uma falha renal temporária, distúrbios eletrolíticos, vômitos, letargia, arritmias cardíacas, e em casos graves, morte!

Parece dramático, mas é a realidade! Então para evitar esse problema, limpe a caixa de areia!

Outra razão importante é que, ao manter as caixas de areia sempre limpa, você pode detectar qualquer problema de saúde com maior antecedência. Ou seja, se o seu gato não urinou nenhuma vez há mais de um dia ou dois, leve-o ao veterinário pois ele pode estar com algum problema. Se ele estiver diabético, ele pode urinar com mais frequência. Se ele estiver com diarreia ou urinando o sangue, ele certamente tem alguma doença.

Você só descobrirá isso tudo se mantiver a caixinha limpa com frequência e observar os hábitos do seu gato.

Por último, e muito óbvio, você deve limpar a caixinha para que sua casa ou apartamento não fique fedido e você tenha que conviver com esse odor desagradável sempre!

Ok, Já Entendi a Importância, Mas Qual é a Frequência Correta?

Primeiramente, o que você deve saber é que, quanto mais gatos você tem em casa, mais vezes terá que limpar as caixinhas. Isso parece óbvio para você? Mas muitas pessoas não se atentam a isso e deixam acumular as fezes de vários gatinhos na caixa! Gatos são animais muito limpos, e eles certamente acham isso nojento.

Segundo, independente da quantidade de gatos na sua casa, o ideal é que você limpe as caixas de areia assim que o seu pet acabar de usá-la. Isso evita que o cheiro impregne na casa.

Se você trabalha o dia inteiro fora e não pode fazer isso, limpe as caixinhas de 2 a 3 vezes ao dia (antes de sair para o trabalho de manhã cedo, ao voltar para casa, e antes de dormir, se necessário).

ATENÇÃO:

Limpar a caixinha, nesse caso, significa retirar com a pazinha as fezes e os torrões de urina. Não precisa jogar fora a areia inteira toda vez, caso contrário, isso vai acabar saindo muito caro sem necessidade. 

Certamente, retirar as partes sujas não significa que a caixa está limpa. Por isso, uma vez por semana, é recomendável lavá-la com água e detergente, e se possível, deixá-la secar ao sol. Há pessoas que reservam a areia “limpa” em outro recipiente antes de lavar e depois depositam novamente na caixinha. Outras preferem jogar tudo fora e colocar areia nova toda vez que a caixinha for lavada. Isso quem deve escolher é você, de acordo com o seu orçamento. Independente do que achar melhor, a areia deve ser trocada inteiramente ao menos uma vez por mês.

Por último, e não menos importante, troque a caixinha dos seus pets anualmente, pois quando eles enterram, muitas vezes acabam arranhando-a inteira, e os odores e resíduos podem acabar ficando retidos nesses espaços. Será cada vez mais difícil lavar a caixinha e manter um odor agradável se ela estiver muito arranhada.

Lembre-se: Manter a caixa de areia do seu gato sempre limpa também é Cuidar da Saúde do Seu Pet!

Recomendado para você

Sobre o autor: Enciclopets

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *